Free songs

Para maiores informações ligue: 21 3659-7241 - 3659-7317


Resíduos Hospitalares

RESÍDUOS HOSPITALARES

imagem_0104141396371643_gOs resíduos de serviços de saúde (RSS), comumente associados à denominação lixo hospitalar ou resíduo hospitalar, é o nome que se dá aos resíduos originários de ações em hospitais farmácias e consultórios odontológicos. São divididos em: resíduos sólidos; resíduos em estado sólido ou semi-sólidos e líquidos cujas particularidades tornem inviável seu lançamento na rede pública de esgotos.

Representam uma fonte de riscos à saúde humana e ao meio ambiente, devido principalmente à falta de adoção de procedimentos técnicos adequados no manejo das diferentes frações sólidas e líquidas geradas, como materiais biológicos contaminados e objetos perfurocortantes, peças anatômicas, substâncias tóxicas, inflamáveis e radioativas.

Os resíduos de serviço de saúde são classificados em CINCO classes diferentes A, B, C, D e E. De acordo com o decreto 12.165, a resolução da Agência de Vigilância Sanitária ANVISA – RDC 306, e RDC 358 do Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA. É de responsabilidade, dos geradores, o gerenciamento dos resíduos desde a geração até a disposição final durante um período de vinte anos. Além disso,  o plano de Gerenciamento de resíduos de serviços de saúde (PGRSS) é o documento que irá apontar e descrever as ações necessárias ao manejo de resíduos gerados nas instituições de saúde. É de competência de todo gerador de resíduos de serviços de saúde elaborar seu PGRSS.

LIxo-Hosp-Boticas-011

A destruição dos resíduos sólidos pode ser conseguida utilizando processos térmicos. Se excetuarmos os metais pesados, as técnicas térmicas são uma solução final para o problema dos resíduos perigosos, podendo as mesmas condições de condução do processo ser aplicadas a centenas de espécies químicas orgânicas.

A AGILIZA SERVIÇOS, transporta, trata e oferece destinação para incineração aos resíduos do Grupo A (Infectantes / Biológicos), Grupo B (Químicos) e E (Perfuro-cortantes). Trabalhando com os melhores hospitais, laboratórios, redes de farmácias e prefeituras que possuem visão sustentável e possuem responsabilidade ambiental com seus resíduos médico-hospitalares.Os objetivos a atingir serão normalmente três: destruir os componentes orgânicos dos resíduos, reduzir o seu volume e originar a produção de produtos sólidos e efluentes gasosos inócuos. As tecnologias de destruição térmica têm vindo a aumentar o número de instalações e a quantidade de resíduos tratados, na medida em que as exigências crescentes de preservação do ambiente têm tornado cada vez mais restritivo o uso de aterros.

Os resíduos coletados pela AGILIZA SERVIÇOS passam por processo de tratamento térmico (Incineração), dessa forma oferecemos a solução mais viável e ambientalmente mais correta, dessa forma oferecemos sustentabilidade aos nossos clientes e contribuímos para a preservação do meio ambiente.